Case Study: Johnson Tiles

Transferir PDF

Como o pooling de paletes azuis ajuda a poupar tempo, dinheiro e o planeta

Enquanto explorava formas de melhorar a eficiência e sustentabilidade ambiental da empresa, a Johnson Tiles identificou as paletes de madeira branca como um aspeto com potencial para melhorar. Para tal, a empresa contactou a CHEP.

Utilidade do pooling de paletes azuis

A empresa

Fundada em 1901, a Johnson Tiles está sediada em Stoke-on-Trent e é a principal empresa de fabrico e importação de revestimento e pavimento cerâmico, no Reino Unido. É uma empresa na vanguarda do fabrico sustentável, há mais de 20 anos, e foi pioneira num importante esquema de reciclagem de resíduos de cerâmica por cozedura.

O desafio

Ao explorar formas de melhorar a eficiência e sustentabilidade ambiental da cadeia de abastecimento, a Johnson Tiles identificou a utilização de paletes de madeira branca descartáveis como um aspeto com potencial para melhorar. Para tal, a empresa contactou a CHEP.

A solução

Em 2012, a Johnson Tiles fez a transição da maioria dos seus fluxos para o pooling de paletes da CHEP. Partindo da gama de modelos de serviço e funcionamento da CHEP, a empresa contratou o modelo de transporte sem retorno, em que a CHEP recolhe as paletes vazias dos clientes retalhistas da Johnson.

Um sistema pensado para proteger cargas frágeis

A Johnson Tiles optou por uma combinação de paletes euro da CHEP standard do sector e paletes de exposição B0806A. O revestimento cerâmico é pesado e frágil, pelo que é essencial que as paletes que o transportam sejam robustas e de boa construção. A CHEP garantiu à Johnson que o seu equipamento é concebido de acordo com os padrões mais elevados, protegendo o revestimento da Johnson da melhor forma possível.

A proteção dos produtos Johnson abrange ainda a redução do manuseamento, visto que a utilização de paletes CHEP permite que a mercadoria seja armazenada e transportada na mesma palete. Desta forma, reduzem-se as quebras, uma vez que deixa de haver a necessidade de utilizar paletes secundárias (utilizadas para suportar cargas frágeis em muitas situações), ou seja, é necessário menos manuseamento da mercadoria frágil, como é o caso do revestimento cerâmico. Todos estes fatores contribuem também para reduzir os custos da cadeia de abastecimento.

Menos custos e menos desperdício de tempo

Os custos de gestão podem ser elevados, caso uma empresa utilize vários tipos e fornecedores de paletes. Como tal, o recurso a um único fornecedor reduz os processos administrativos. Uma vez que a CHEP recolhe e inspeciona as paletes, o sistema CHEP liberta espaço nas instalações de entregas e reduz significativamente o tempo despendido na organização das paletes.

Apoio à sustentabilidade reduzindo o desperdício

Adicionalmente, o pooling é mais sustentável do ponto de vista ambiental do que as paletes brancas, sem retorno ou de troca, um dos fatores que mais pesou na decisão da Johnson Tiles em escolher a CHEP. Outros tipos de palete de madeira, sem um sistema claro de propriedade ou responsabilidade, acabam em aterros. A solução da CHEP evita esta consequência, através da manutenção de uma propriedade clara das suas paletes, certificando-se de que o equipamento é recuperado, reparado e reutilizado. Também utiliza madeira de origem sustentável nas suas paletes.

"Esta transição para o modelo de pooling faz sentido ao nível económico e ambiental", afirma Adam Bellis, Diretor de Logística da Johnson Tiles. "A CHEP é a líder irrefutável do mercado e o facto de dispor de uma cobertura global é, obviamente, um fator importante para nós, dada a proporção de importações e exportações que fazem parte do nosso negócio. Com a CHEP, já estamos a abordar outras iniciativas para melhorar a nossa cadeia de abastecimento."

Procurar plataformas CHEP

Introduza os seus detalhes abaixo

  • Your entry is not of the correct length
  • Your entry should not contain any URLS
  • Este campo é obrigatório.
  • Your entry is not of the correct length
  • Your entry should not contain any URLS
  • Este campo é obrigatório.
  • Your entry is not of the correct length
  • Your entry should not contain any URLS
  • Este campo é obrigatório.
  • Your entry is not of the correct length
  • Your entry should not contain any URLS
  • Este campo é obrigatório.
  • Your entry is not of the correct length
  • Your entry should not contain any URLS
  • Este campo é obrigatório.
  • Your entry is not of the correct length
  • Your entry should not contain any URLS
  • Este campo é obrigatório.
Você é um cliente existente?:
If your download doesn't start shortly please click here

Selecionar um idioma

Portugal
Concluído

Não é o seu país ou idioma?

Alterar país

Case Study: Johnson Tiles | CHEP Portugal